27.9.12

2.5 aspirado

Há muito tempo pensava em fazer uma grande festa no meu aniversário de 25. Afinal, são minhas bodas de prata com este planeta, cheio de gente bonita, amada, amável, feliz, saudável, carinhosa, generosa, gananciosa, pobre de espírito, triste, bipolar, invejosa, gananciosa, individualista, esfomeada, que mora em baixo de pontes, viciada... Enfim, só motivos pra comemorar!

Desde que somos crianças pensamos em "como seremos no futuro?" traçamos metas, corremos atrás dessas metas, por vezes nossa cabeça está muito alta e nosso pé não está no chão. Isso causa problema. Quando estes objetivos irreais não são atingidos, se você não tem uma mente forte, que perceba seus pontos errados e você conserte o errado e parta para novos objetivos, você acaba se tornando uma pessoa frustrada, triste e sem vontade de ir atrás de algo melhor.

Não é o meu caso. Sei que erro em vários aspectos, sei que o mundo gira e, todos têm seus momentos altos e baixos. A vida sempre tenta equilibrar tudo nos dando os dois lados da moeda. Talvez, pra valorizar mais os bons momentos e nos mostrar o quanto somos fortes nos momentos ruins.

Eu, com 25 anos, queria dar uma grande festa de aniversário, com show de uma banda formada por mim e meus amigos, estar formado na faculdade e já ter subido bastante na vida.

Realiade: Estou desempregado, sem dinheiro pra nada, tranquei a faculdade e o sonho de ganhar bem se desfez mais rápido que a tomada de decisão de me mudar pra São Paulo.

Felizmente, acabei me dando o melhor presente de aniversário, minha filhota Giulia.

Ela veio na minha vida no momento mais inoportuno, e ao mesmo tempo na hora certa. Me deu um grande presente, talvez o maior que um homem possa querer, ser pai. Além disso renovou meu ânimo e me reavivou, me deu um novo fôlego pra tentar, pra arriscar, pra subir mais e mais nos meus anseios, sonhar alto e, sem tirar o pé do chão.

Não tenho o aniversário gigante com banda dos amigos? Mas, os amigos ainda estão aí, e com uma amizade mais gigante que qualquer aniversário, com o apoio que eu preciso.

Obrigado à todos que sempre estão aqui e que sempre me apoiam, é só a primeira etapa da vida que se completa. Vamos pra segunda?

Um comentário:

Letícia Uequed disse...

ela é linda e veio para ser um lindo presente, queria eu ver ela, mas né...qnd ela tiver 18 ela passa por aqui hahahaha